Varicoceles: doença pode comprometer qualidade do sêmen

Presente em 40% dos casos de infertilidade masculina, a varicocele é uma dilatação das veias dos testículos, popularmente conhecidas como varizes, localizados no plexo pampiniforme (conjunto de veias localizadas nos testículos), que geralmente variam de 0,5-1,5 mm em diâmetro. A dilatação destes vasos em mais de 2 mm é chamada de varicocele.

A Varicocele pode fazer com que o sangue fique mais tempo preso na região dos testículos, provocando o aumento da temperatura, o acumulo de substancias tóxicas e comprometendo a produção dos espermatozóides (espermatogênese) em quantidade (oligozoospermia) e qualidade.

A perda da qualidade seminal se reflete no baixo número de espermatozóides, baixa mobilidade e pelas alterações morfológicas. Além disso, a varicocele é uma doença assintomática, diagnosticada em exames realizados pelo médico urologista.

A doença pode se manifestar em diferentes graus: pequena, moderada ou grande. As pequenas podem não requerer nenhum tipo de tratamento, pois sua associação com a infertilidade masculina é mais incerta. Cerca de 15% dos homens férteis são portadores da doença que ocorre, principalmente, em homens entre os 15 e 30 anos de idade.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Como posso te ajudar?