30316060

Afinal, como é a formação do bebê durante a gravidez? Veja agora!

O ato de engravidar, embora seja completamente natural para o ser humano, também é um momento repleto de mistérios e de dúvidas por parte dos pais e de quem acompanha a gestação. Com os avanços da tecnologia e o aporte de conhecimentos que a medicina nos traz diariamente, ficou um pouco mais simples responder a perguntas sobre o assunto e compreender melhor como é o processo de desenvolvimento do bebê. Confira o conteúdo a seguir e aprenda um pouco mais sobre o tema!

Como é a contagem das semanas de gravidez?

Antes de mais nada, vale lembrar como a gravidez é contada. Em média, o período total considerado normal deve durar entre 37 e 42 semanas. Antes disso o bebê é considerado prematuro, enquanto depois ele é chamado de pós-termo. O início da gestação é computado de acordo com o primeiro dia do último ciclo menstrual.

Depois dessa data vão sendo feitas descobertas importantes e intensas no desenvolvimento do feto, que reforçam a necessidade de um bom acompanhamento médico. É fundamental fazer todo o pré-natal, investindo em uma relação de confiança plena com um especialista de qualidade e com experiência na área.

Como acontece a formação do bebê?

Primeiro trimestre

A gravidez também pode ser dividida em trimestres, dos quais o primeiro é o mais crítico para o desenvolvimento do feto. Na fase inicial, os riscos de abortamento espontâneo e de malformações são grandes, pois até a 13ª semana ocorre a formação de todos os sistemas e órgãos do bebê, além dos sintomas mais incômodos da gestação.

Notadamente no segundo mês continua a ocorrer o desenvolvimento do sistema nervoso e dos aparelhos digestivo, circulatório e respiratório. Para a futura mamãe, geralmente é um período de muitos enjoos, náuseas e desconforto, que resultam em muita sensibilidade, eventuais nervosismos e até perda da libido.

Segundo trimestre

O segundo trimestre de gestação vai da 14ª até a 28ª semana, e depois dos períodos turbulentos do começo da gravidez, tende a ser um pouco mais tranquilo para a futura mamãe. Também é um momento marcado pela realização de alguns exames de avaliação importantes e complementares.

Quando chega nesse estágio, o feto normal deve medir aproximadamente 16 centímetros e passa a ter uma movimentação mais ativa e notável, além de sugar e engolir. Estudos mostram que o bebê também já é capaz de perceber alterações de luz e diferenciar o gosto amargo ou doce.

Terceiro trimestre

No início do 6º mês o feto já está com 32 centímetros e torna-se capaz de reconhecer sons externos, sobretudo a voz e a respiração da futura mamãe. Nesse período, é importante realizar os exames pré-parto e preparar tudo aquilo o que for relacionado ao nascimento.

Esses meses podem até parecer que demoram mais para passar, em função do cansaço acumulado e do aumento do volume abdominal — que ocasiona algumas modificações não só na aparência, mas na própria fisiologia da mulher. No 8º mês o bebê já começa a se preparar para ficar em posição de parto, com a cabeça para baixo.

Como você pôde ver, a formação do bebê durante a gravidez ocorre por meio de mudanças subsequentes, que devem sempre ser acompanhadas por um médico de confiança. Em cada um dos trimestres, o desenvolvimento do bebê deve ser avaliado por meio de ultrassons morfológicos, exame ultrassonografico realizado por um especialista em medicina fetal. Esse profissional avalia o crescimento fetal e seu bem-estar, a manutenção da saúde-fetal e o diagnóstico de doenças fetais e anomalias, garantindo ainda o bem-estar da mãe.

Gostou de aprender um pouco mais sobre a formação do bebê? Então compartilhe este conteúdo nas redes sociais!

Tagged with:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do nosso site? Acompanhe as nossas redes sociais:

WhatsApp chat