30316060

SUPER ICSI

SUPER ICSI

A ICSI, na qual um único espermatozoide é introduzido no óvulo, é uma técnica realizada sobre um microscópio que permite a visualização do espermatozoide com um aumento de apenas 400 vezes. Hoje, sabe-se que danos no DNA dos espermatozoides podem causar falhas na obtenção de embriões pela técnica de ICSI e abortamento precoce.

Danos no DNA dos espermatozoides estão correlacionados diretamente com a presença de vacúolos na cabeça dos espermatozoides. Através de um sofisticado sistema de lentes de amplificação de imagens é possível realizar uma nova técnica, a Super-ICSI, onde se obtém um aumento de até 10.000 vezes, permitindo a visualização com segurança destes vacúolos.

O aparelho ainda ajuda na redução da gestação múltipla, já que as chances de aperfeiçoar a implantação de apenas um embrião são altas. Pesquisadores israelenses e franceses em estudos comparativos verificaram que com o antigo ICSI as taxas de gravidez obtidas eram de 25% e com o Super-ICSI as taxas de gestação atingiram 60%, em casos de alterações do esperma.


Clique abaixo para ver outros tratamentos:

INDUÇÃO DE OVULAÇÃO


INSEMINAÇÃO INTRAUTERINA


FERTILIZAÇÃO IN VITRO CONVENCIONAL


ICSI


ICSI GUARD


ASSISTED HATCHING


CRIOPRESERVAÇÃO DE EMBRIÕES


CRIOPRESERVAÇÃO DE ESPERMATOZÓIDES


CRIOPRESERVAÇÃO DE ÓVULOS


PROGRAMA DE DOAÇÃO DE ÓVULOS


OBTENÇÃO CIRÚRGICA DO ESPERMATOZOIDE


FRAGMENTAÇÃO DO DNA DO ESPERMATOZOIDE


DIAGNÓSTICO GENÉTICO PRÉ-IMPLANTACIONAL

Gostou do nosso site? Acompanhe as nossas redes sociais: