30316060

Ejaculação precoce: entenda agora as causas e como afeta o homem

A ejaculação precoce é um dos problemas sexuais mais comuns entre os homens. Estima-se que pelo menos 20% da população masculina já tenha sofrido com essa disfunção algum momento da vida sexual.

Podemos definir a ejaculação precoce como a dificuldade do homem de controlar o momento da ejaculação, fazendo com que ela ocorra antes ou pouco depois da penetração.

O problema pode ter várias origens e é preciso fazer uma investigação detalhada para encontrar suas verdadeiras causas. Para descobrir mais sobre a ejaculação precoce continue acompanhando nosso artigo.

Principais causas da ejaculação precoce

A ejaculação precoce pode estar presente na vida de um homem de duas formas: por decorrência de problemas biológicos ou psicológicos. Dentro das principais causas do grupo de fatores biológicos, as mais comuns são:

  • fatores genéticos;
  • distúrbios na tireoide;
  • uso de medicamentos;
  • uso de medicamentos;
  • doenças do sistema nervoso;
  • disfunção erétil, entre outras.

Outra forma de desenvolver a ejaculação precoce é por meio de problemas psicológicos, como citamos nos exemplos a seguir:

  • ansiedade;
  • preocupações com autoconfiança;
  • problemas no relacionamento.

Os problemas de ordem psicológica são os maiores responsáveis pela ejaculação precoce. Os homens carregam desde cedo a pressão de ter um bom desempenho nas relações sexuais para satisfazer suas(eus) parceiras(os). A ansiedade e a falta de experiência formam o ambiente perfeito para que o problema se manifeste.

A condição é muito comum em jovens e para que a ejaculação precoce seja confirmada é preciso que ela aconteça de forma constante ao longo do tempo, gerando insatisfação para pacientes e casal.

Efeitos causados pela ejaculação precoce

A ejaculação precoce não causa danos à saúde física, mas traz muitos problemas de convivência no relacionamento e na vida sexual, além de agravar cada vez mais a ansiedade e outros problemas psicológicos. Como distúrbios sexuais tendem a andar juntos, muitas vezes outros problemas começam a surgir, como a própria disfunção erétil.

A frustração da(o) parceira(o) é bastante frequente e traz muitos problemas no relacionamento. É comum o problema ser confundido com egoísmo por parte do paciente ou falta de interesse no prazer alheio. Consequentemente o homem começa a evitar o sexo e os desentendimentos podem ser constantes. Quando o casal pretende engravidar as tensões aumentam e muitas vezes o problema piora.

Tratamentos para a ejaculação precoce

O tratamento para a ejaculação precoce deve ser baseado nas causas que levaram ao problema, seja de ordem biológica ou psicológica.

É muito importante procurar a ajuda de um especialista antes de começar a tomar vitaminas ou medicamentos. Os casais que estão tentando engravidar devem ficar atentos, pois alguns medicamentos para ejaculação precoce podem piorar a qualidade do sêmen. A orientação profissional será capaz de indicar o melhor tratamento e pedir os exames necessários.

Além disso, quando o problema é causado por condições psicológicas, a ajuda de um psicólogo e de um terapeuta sexual é essencial para o sucesso do tratamento.

A ejaculação precoce é um problema comum, mas que pode trazer grandes transtornos para os casais. Quanto mais cedo ela for identificada, mais eficaz é o tratamento. É comum pacientes e casais conviverem com esse problema por muito tempo antes de procurar ajuda, de forma que muitas vezes na avaliação inicial o desgaste do relacionamento é intenso. Por isso, não deixe de buscar aconselhamento profissional para descobrir o melhor tratamento para você.

Para descobrir mais sobre problemas que causam a infertilidade masculina leia nosso próximo artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do nosso site? Acompanhe as nossas redes sociais: