30316060

Atrasos na menstruação: até quanto tempo é normal atrasar?

A menstruação já é uma situação esperada todos os meses. Quando ocorrem atrasos, é comum a mulher, inclusive aquela que faz uso do anticoncepcional, questionar-se: “será que estou grávida?”.

Imediatamente buscamos lembrar quando foram as últimas relações sexuais, se houve o uso de métodos contraceptivos ou não e, principalmente, se o sexo ocorreu durante o período de ovulação.

Além da gravidez, alterações hormonais, anormalidades anatômicas e estresse físico e/ou psicológico podem desencadear o atraso da menstruação. Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre o assunto.

Qual é o funcionamento do ciclo menstrual?

O ciclo menstrual regular dura, em média, 28 dias. Ao final desse período o organismo feminino elimina o endométrio, que nada mais é do que a mucosa interna do útero onde o embrião se implanta. Se a gravidez não ocorre, essas células descamam renovando o endométrio.

É interessante lembrar que o ciclo menstrual varia de mulher para mulher. É possível haver ciclos maiores ou menores, com intervalos que variam de forma regular entre 25 e 35 dias.

Há, ainda, a existência de ciclos irregulares, ou seja, ciclos que não mantêm o mesmo intervalo de dias entre uma menstruação e outra. Esse tipo de ciclo ocorre com maior frequência no período de menarca (início da vida fértil) e na menopausa (fim da vida fértil), ou quando a mulher apresenta algum problema de saúde como hipertireoidismo, hipotireoidismo, anorexia, amenorreia (ausência da menstruação por três meses seguidos) e síndrome de ovários policísticos.

Até quanto tempo é normal ocorrer atrasos na menstruação?

Não existe um limite de dias para os atrasos na menstruação. É preciso deixar claro que atrasos de um, dois, três e, até mesmo, mais dias podem ser considerados normais (desde que não sejam frequentes).

Se o atraso da menstruação for acima de 15 dias, é recomendado fazer um teste de gravidez. Antes desse período, o exame pode dar negativo mesmo que a mulher esteja grávida, pois a concentração do hormônio é muito baixa.

Se a gravidez for descartada, você deve procurar seu ginecologista para conversar sobre o atraso na sua menstruação.

Se não é gravidez, o que é?

Agora, certamente você está pensando: “se não estou grávida, por que a menstruação atrasou?”

Bom, como já destacamos os atrasos na menstruação podem ser explicados por uma série de fatores. O simples fato de você estar estressada ou ansiosa, ter dormido mal ou não se alimentado corretamente nos últimos dias pode justificar o atraso.

Algumas mudanças em seu dia a dia também podem ocasionar a retardação da menstruação. Situações como dietas restritivas, excesso de atividade física, consumo exagerado de cafeína ou de bebidas alcoólicas, tabagismo, entre outros.

Alterações no funcionamento da tireoide, como o hipertireoidismo e o hipotireoidismo, podem desordenar os hormônios que controlam o ciclo menstrual. A perda de peso ou o excesso dele também influenciam o funcionamento do organismo e o fluxo menstrual.

A síndrome dos ovários policísticos, que altera a fisiologia dos ovários, tem como um de seus sintomas a irregularidade menstrual.

Por isso, caso você esteja apresentando constantes atrasos na menstruação, procure o acompanhamento médico com o ginecologista para identificar as razões e evitar maiores problemas. Não deixe essas situações passarem despercebidas e acompanhe sempre o funcionamento do seu ciclo, anotando a data da última menstruação.

Gostou desse conteúdo? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todos os nossos artigos!  Estamos também no Twitter, no Instagram e no Youtube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do nosso site? Acompanhe as nossas redes sociais: